placas instagram foursquare googleplus feed facebook twitter
29
abr
2010

O caminho das rotas capixabas

Para ajudar a difundir o potencial turístico do Espírito Santo pelo Brasil e facilitar o trabalho do turista que planeja vir para cá, a Secretaria de Turismo do Estado resolveu dividi-lo em diferentes rotas turísticas a partir de elementos comuns a cidades de uma mesma região. Foram criadas oito “rotas oficiais”: a) Rota do Caparaó; b) Rota dos Imigrantes; c) Rota do Sol e da Moqueca; d) Rota do Mar e das Montanhas; e) Rota do Verde e das Águas; f) Rota dos Vales e do Café; g) Rota da Costa e da Imigração; e h) Rota do Mármore e do Granito.

A divisão tem a clara vantagem de permitir que o turista antecipe o perfil de cada região e saiba, de antemão,  o que lhe aguarda no lugar a ser visitado. Aventura no Caparaó; comidas típicas nas cidades colonizadas por imigrantes; sol, praia, calor e, claro, moqueca nas cidades que fazem parte da principal rota capixaba, entre várias outras coisas. Tudo está ali – explicado e dividido – para o turista não ser pego de surpresa na rota que ele escolher.

Mas é claro que nem todas as belezas anunciadas das “rotas” são assim tão belas. Há coisas e lugares que podem muito bem ser deixados de lado se a sua proposta é fazer um turismo minimamente seletivo e proveitoso, sem aquela pretensão de exaurir todos os cantos do lugar. Você pode – e deve – eleger os atrativos que merecem ser visitados se não quiser se deparar com paisagens repetidas e sem graça.

E foi para te ajudar nessa tarefa que nós criamos esse blog. Nossa intenção aqui é falar sobre cada uma das rotas turísticas “oficiais” do Espírito Santo, mostrando o que elas tem de melhor – e de pior também. Queremos mostrar não só o que você não pode deixar de conhecer ao vir para cá como também aquilo que você pode evitar.  Ao longo dos posts, você verá dicas de lugares e passeios que, na nossa opinião, podem fazer valer a sua viagem ao Espírito Santo.

Então, o convite está feito! Leia o nosso blog e escolha a sua rota!

Comente via Facebook

comentários

Uma resposta para “O caminho das rotas capixabas”

  1. Mari Campos disse:

    Muito legal o blog, Tiago! E lindas as fotos. Se tudo der certo, espero descobrir mais um pouquinho do Espirito Santo – so estive por aí uma vez, e há muito tempo – em junho proximo. Vou virar habituée ;)

  2. Igor Leal disse:

    Bacana a sua ideia do blog!

    Eu sou capixaba, mas moro fora do ES há uns 15 anos e sinto falta de divulgação do nosso estado… Eu mesmo tenho que fazer outras vezes essas rotas!

    Parabéns pela iniciativa! Já inclui na minha lista de blogs que acompanho…

  3. Nina disse:

    Adorei o blog!
    Encontrei lá pelo Viaje na Viagem, e está de parabéns!

    Adoro o ES, apaixonei-me a primeira vista, sou louca para mudar-me para aí e criar minha filha nesse terra tão legal!

    Já incluí o blog no meu blog roll!

    Bj, voltarei sempre

  4. Nina disse:

    Adorei entrar no seu blogroll!

    (ah, pra mudar praí, falta só o emprego, mesmo!)

    Bj

  5. Flavia disse:

    Oi Tiago, só hoje vi seu post no meu “À Francesa”, obrigada!

    Muito legal sua iniciativa, fique à vontade pra me perguntar qualquer coisa que quiser. Na minha última passagem pelo ES, em fevereiro, visitei o Domaine Île-de-France que é um lugar extraordinário na região serrana onde tudo é orgânico, amei e voltarei com certeza. Também já me hospedei no Aroso em 2008 você deve ter lido no blog, super recomendo :)

  6. Silvinha disse:

    Informações confiáveis de uma fonte isenta, que dá preciosas dicas de turismo de qualidade, sem frescuras. Indispensável pra quem vai pro ES!

  7. Excelente trabalho, Tiago! Parabéns!

  8. Paulinha disse:

    Oi Tiaguinho,
    Seu blog está muito legal. Os textos ótimos, literatura pura… Em sua homenagem, achei um livro aqui em casa com um trecho da poesia da Elisa Lucinda para Vitória :

    “Ai como dói não ter o convento, o álibi
    a senha de me esconder nas coxas da Penha,
    Ô Pepenha padroeira, minha adorada mulher
    Ô Vitória, minha única namorada…
    minha pátria de estréia, abrigo, colméia
    deixa de besteira, tô viva, tô sã.
    Eu queria ser seu tesouro nacional
    minha cortesã
    Ah! Vitória, deixa de história
    sou seu balangandã.”

    Abraços e sucessos…
    Paulinha

  9. Marina disse:

    Tiago,

    Parabéns pela iniciativa! Suas dicas são preciosas e as fotos estão lindas. Excelente guia!

  10. Olá,
    Estamos com um blog sobre um município ainda inexplorado pelo turismo capixaba: Fundão. Queremos divulgar suas belezas e mistérios por meio do blog http://www.turismodefundao.blogspot.com . Se puder, dê uma passada lá. Aceitamos sugestões!

    Até breve!

  11. Nesse final de semana, se o tempo deixar, começaremos a exploração por algumas praias de Fundão e com certeza ela será a primeira a ser visitada.
    Obrigado pela visita!

  12. Flora disse:

    Olá Tiago,
    Muito obrigada pela sua atenção sobre o Salar do Uyuni.
    Muito legal o seu blog. Estive algumas vezes em Vitória e Guarapari, mas sempre a trabalho. Vou dar uma olhada com mais calma. Sei que tem muitos lugares de natureza bacana para a gente ver por ai.

  13. Nosso Twitter http://www.twitter.com/encontrecaparao é responsável pela divulgação da Região do Caparaó Capixaba, considerada uma das regiões mais bonitas do Brasil, localizada no Estado do Espírito Santo.

    Formada por 11 municípois, a região do Caparaó Capixaba, possui muitas belezas naturais, dentre elas: Serra do Caparaó, Pico da Bandeira e Cachoeira da Fumaça, possuindo um circuito de eventos e muitas festividades.

    Venha conhecer umas das mais atraentes regiões do Brasil!

    Esperamos você em nosso Twitter!

    Abs!

  14. […] Mas quer saber de uma coisa? É essa nossa liberdade que faz do “Rotas” uma fonte honesta de informações turísticas: nós não estamos aqui para te vender ou empurrar nada; nós estamos aqui para te mostrar o que, na nossa opinião, vale e o que não vale a pena de ser visitado ou experimentado no Espírito Santo! Foi exatamente isso o que nós dissemos em nosso primeiro post, há exatos 365 dias atrás (leia aqui). […]

Deixe uma resposta

Comente via Facebook

comentários

Powered by Facebook Comments

2012. Todos os direitos reservados ao blog Rotas Capixabas. Qualquer reprodução indevida de conteúdo é expressamente proibida. digital