placas instagram foursquare googleplus feed facebook twitter
08
ago
2010

O Parque Estadual da Pedra Azul

A entrada do Parque

Localizado no município de Domingos Martins (há apenas 90 km de Vitória), o Parque Estadual da Pedra Azul foi criado em 1961 para preservação de seu bioma peculiar – a floresta ombrófila densa antimontana – com grande concentração de orquídeas, bromélias, samambaias e aves endêmicas. Hoje em dia, a região do entorno foi amplamente ocupada por pousadas e restaurantes que fazem do local o point de inverno preferido do capixaba (leia mais sobre isso aqui).

Pedra Azul (ou do Lagarto, ou do Elefante)

Com uma altitude média de 1350 metros, os pontos mais altos do Parque são a Pedra Azul (1822 metros) e a das Flores (1909 metros), que podem ser avistadas desde a BR 262. Esse maciço rochoso de formação granítica e em gnaisse é um dos cartões postais mais famosos do Espírito Santo. Uma saliência em forma de “lagarto” ou “tromba” (dependendo do ângulo de visão) bem em frente à Pedra Azul lhe confere também os apelidos de Pedra do Lagarto ou do Elefante.

A área total do Parque é de 1240 hectares, mas apenas 5% deles estão abertos à visitação através de trilhas ecológicas guiadas. Ao todo, são quatro trilhas: a) a do lagarto, com 480 metros; b) a da Pedra Azul, com 945 metros; c) a das piscinas, com 1250 metros; e d) a do pico da Pedra Azul, com 2500 metros (para aventureiros profissionais). Todas elas partem do Centro de Apoio ao Visitante, localizado na base da Pedra. Até lá acrescente mais 800 metros de caminhada intensa desde a entrada do Parque.

São duas saídas diárias, de quarta a domingo: às 09:30 e às 13:30. Para evitar contratempos, agende-as pelos telefones (27) 3248-1156 ou (27) 9846-3489 nos horários de 08:00 às 12:00 horas e das 13:30 às 17:30 horas. As condições do tempo e a quantidade de pessoas podem estragar os seus planos. O passeio completo (a + b + c) só se faz pela manhã. À tarde, a caminhada até o mirante da Pedra (a) é excluída e você só faz os passeios b + c. Nesse período a posição do sol também é cruel com as suas fotos.

O passeio (c) é o mais completo para os turistas “amadores” e leva até as piscinas naturais localizadas há 800 metros de altura, na junção da Pedra Azul com a das Flores. Para chegar às piscinas, é preciso fazer uma pequena escalada com o auxílio de uma corda afixada no local. Você caminha a 45 graus por aproximadamente 200 metros. A subida passa rente ao “lagarto” e rende paisagens impressionantes. Lá em cima, é possível banhar-se nas piscinas ou simplesmente “lagartear” à beira delas.

A entrada do Parque fica na famosa Rota do Lagarto – a rota romântica capixaba -, sobre a qual eu já falei aqui.

Comente via Facebook

comentários

18 respostas para “O Parque Estadual da Pedra Azul”

  1. Eduardo Altoé disse:

    Excelente descrição do passeio Tiago.

    Quem quiser se aventurar neste passeio não terá nenhuma dúvida no que diz respeito ao planejamento, já que este post está bastante esclarecedor.
    Parabéns pela iniciativa.

  2. Christiani Voss disse:

    Fiz o passeio até as piscinas e é simplesmente encantador. A paisagem, as histórias do guia, a natureza exuberante, o “friozinho na barriga” na escalada… Vale muito a pena conhecer mais esse pedacinho do Espírito Santo.
    Parabéns Tiago, por divulgar nossas maravilhas!!

  3. Camila V. P. Altoé disse:

    As fotos retratam exatamente como é a beleza da Pedra Azul. Um lugar que nos traz tranquilidade, de ar puro, ideal para se passear com a família.
    Parabéns pela iniciativa, Tiago, de divulgar as belezas do nosso estado, e principalmente das nossas montanhas.
    Abraços,

  4. Oi Tiago!

    Vi que tinha um comentário seu lá no Matraca News, entrei agora para responder e o comentáro sumiu, não estava mais lá!!! Você o apagou ou será que está dando tilt no meu brogue??? Um abraço e mais uma vez parabéns pelo trabalho! 🙂

  5. […] você ainda vai conhecer aqui) e ao Parque Estadual da Pedra Azul (que você também pode conhecer aqui). Ela menciona ainda Cachoeiro de Itapemirim e seu filho mais ilustre, Roberto Carlos, a Fábrica […]

  6. […] para você viver momentos “Romeu e Julieta”: clima ameno, belezas naturais cênicas (veja aqui), pousadinhas românticas (veja aqui), bons restaurantes (veja aqui, aqui) e cidadezinhas charmosas […]

  7. Valter Romulo disse:

    Existe área de camping no parque? Se sim como funciona?

    Grato.

  8. delayne disse:

    oi, gostaria de saber se no parque há hospedagem.. obrigada

  9. ricardo disse:

    Ola, agora existe camping e paintball. Olhe no site http://www.pedraazulaventura.com.br

  10. Ricardo Malta disse:

    Tiago, bom dia!

    Pretendo visitar o Parque no início de julho. Vou com esposa e filho (de 3 anos). Tenho uma mochila especial, para carregá-lo nas costas. Você acha complicado fazer a “escalaminhada” até as piscinas com uma criança nas costas? Já subi duas vezes a escadaria do Pico da Tijuca, no Parque Nacional da Tijuca (não sei se você conhece?), aqui no RJ, com ele nas costas e foi tranquilo.
    Por favor, responda também ao meu email.
    Um abraço,
    Ricardo Malta

    • Oi, Ricardo, desculpe-me pela demora.
      Não sei se a sua viagem já ocorreu, mas ainda assim vou responder a sua pergunta.
      Não conheço bem essa mochila, mas a minha impressão é que seria complicado sim. Na escalaminhada você fica a quase 90º do chão e precisa se escorar numa corda.
      Em todo o caso, lá você vai poder avaliar isso e decidir se completa a subida ou não.
      E se puder votar aqui para dizer se conseguiu, seria ótimo!
      Boa viagem!

  11. adriana disse:

    Olá Tiago, boa tarde! estou querendo ir na Pedra Azul agora em julho, vc sabe informar se crianças 8 e 10 anos gostam deste tipo de passeio, existem atividades para eles tb? No seu blog achei a indicação de alguns hotéis, vc sugere algum em especial? obrigada.

  12. Iohanna disse:

    Nossa, muito obrigada. Esse post foi muito esclarecedor. Estou programando pra ir com minha Família em janeiro, é uma boa época pra subir?

  13. eliana silva lisboa disse:

    Tiago , suas informações estao sendo preciosas para planejamento de nossa viagem , em 18/6 , para as montanhas.
    Voce mencionou Selva Sassiri para o arvorismo e depois comenta Sitio Arcobaleno : a serra é onde acontece a prática dentro do sítio ?
    Obrigada,
    eliana

Deixe uma resposta

Comente via Facebook

comentários

Powered by Facebook Comments

2012. Todos os direitos reservados ao blog Rotas Capixabas. Qualquer reprodução indevida de conteúdo é expressamente proibida. digital