placas instagram foursquare googleplus feed facebook twitter
25
dez
2010

Se eu fosse um capixaba pobre de espírito…

Tecnicamente, duas coisas me impedem de ser um capixaba pobre de espírito. Em primeiro lugar, eu não nasci no Espírito Santo e, por isso, não posso ser chamado de capixaba.  E, por outro lado, eu valorizo – e muito – o que esse estado tem de encantador, ao contrário de alguns nativos.

Eu realmente não tenho motivos para querer sair daqui!

Mas, pensando cá com os meus botões, eu cheguei a uma conclusão. Se eu fosse um capixaba pobre de espírito, como aquela mulher que eu conheci em Noronha (veja aqui), eu não teria dúvida: o melhor do Espírito Santo, para mim, estaria no fato de estar a um pulo do Sul da Bahia!

Quem é que precisa de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte quando se está a 600km:

a)      do agito de Arraial d’Ajuda:

Fonte: Mochila Brasil (Uol)

b)       do charme e sofisticação de Trancoso:

c)       da exuberância do Espelho:

d)      da rusticidade de Caraíva:

e)      e do isolamento bucólico do Corumbau?

Tudo bem que isso não é algo que eu considere relevante para destacar o que o Espírito Santo tem de bom. Mas, se for para ser um capixaba pobre de espírito, como muita gente que eu vejo por aí, que seja então pelo Sul da Bahia!

Pronto, falei!

Se você também quer conhecer o Sul da Bahia, não deixe de visitar o site www.viajenaviagem.com e ler todas as dicas do Ricardo Freire sobre o lugar. Difícil vai ser não se encantar!

Comente via Facebook

comentários

4 respostas para “Se eu fosse um capixaba pobre de espírito…”

  1. Aninha disse:

    As fotos deste post estão incríveis!

    Olha, eu não me considero uma capixaba pobre de espírito não….amo e valorizo demais esse estado maravilhoso no qual moro!
    Mas que estar perto destas delícias tem lá suas vantagens, aaahh, isso tem!
    Se eu não tivesse nascido nesta terra maravilhosa do Espírito Santo, certamente adoraria ser bahiana…..ô terrinha boa também gente!
    Abraços

  2. ALINE disse:

    AS FOTOS SÃO LINDA POR DE MAIS ……………….COMO EU QUERIA MORRA NESTE LUGAR MARAVILHOSO EU NASCI NA CIDADE DE SÃO PAULO SER PAULISTA NÃO É MUITO BOM POR CAUSA DA CORRERIA QUE TODOS NOS TEM AO DIA A DIA

  3. [...] me conhece e me acompanha aqui pelo “Rotas” já sabe, por exemplo, que minha incomum pobreza de espírito sempre costuma me levar pra terras baianas. Renata e eu em [...]

  4. [...] me conhece e me acompanha aqui pelo “Rotas” já sabe, por exemplo, que minha incomum pobreza de espírito sempre costuma me levar pra terras baianas. Renata e eu em [...]

Deixe uma resposta

Comente via Facebook

comentários

2012. Todos os direitos reservados ao blog Rotas Capixabas. Qualquer reprodução indevida de conteúdo é expressamente proibida. digital