placas instagram foursquare googleplus feed facebook twitter
04
jan
2011

Post pré-fabricado: os números de 2010

No último dia do ano, o WordPress deu um presente a todos os seus blogueiros: um postzinho pré-fabricado mostrando o desempenho do blog no ano de 2010, com várias estatísticas interessantes.

Uma mão na roda para quem ainda não se livrou da preguiça típica do final de ano (ninguém é de ferro, né pessoal?)!

Então lá vai:

Os números de 2010

Os duendes das estatísticas do WordPress.com analisaram o desempenho deste blog em 2010 e apresentam-lhe aqui um resumo de alto nível da saúde do seu blog:

Healthy blog!

O Blog-Health-o-Meter™ indica: Uau.

Números apetitosos

Imagem de destaque

Um Boeing 747-400 transporta 416 passageiros. Este blog foi visitado cerca de 11,000 vezes em 2010. Ou seja, cerca de 26 747s cheios.

Em 2010, foram publicados 73 novos posts. Nada mal para o primeiro ano! Foram feitos upload de 331 imagens, ocupando um total de 350mb. Isso equivale a cerca de 6 imagens por semana.

O dias mais movimentado do ano foi 21 de outubro com 199 acessos. O post mais popular do dia foi Série especial Itaúnas (5): onde ficar.

De onde vieram?

Os sites que mais tráfego lhe enviaram em 2010 foram viajenaviagem.com, facebook.com, mail.live.com, google.com.br e matraqueando.com.br.

Alguns visitantes vieram dos motores de busca, sobretudo por rotas capixabas, orquidario caliman, divino botequim, divino botequim jardim da penha e palácio de novare.

Atrações em 2010

Estes são os artigos e páginas mais visitados em 2010:

1

Série especial Itaúnas (5): onde ficar outubro, 2010
7 comentários

2

Orquidário Caliman outubro, 2010
3 comentários

3

Onde se hospedar em Vitória? julho, 2010
9 comentários

4

Gastronomia geométrica novembro, 2010
13 comentários

5

A pobreza fascinante da Ilha das Caieiras agosto, 2010
4 comentários

Comente via Facebook

comentários

Deixe uma resposta

Comente via Facebook

comentários

Powered by Facebook Comments

2012. Todos os direitos reservados ao blog Rotas Capixabas. Qualquer reprodução indevida de conteúdo é expressamente proibida. digital