placas instagram foursquare googleplus feed facebook twitter
28
jan
2011

As Rotas do Eduardo

Nesta sexta as dicas de rotas ficam por conta do meu cunhado, Eduardo (@duduparajara). A paixão por Cachoeiro de Itapemirim – característica marcante entre os cachoeirenses – fica explícita já na sua apresentação. Ele não se conteve em dizer onde reside; fez questão de acrescentar também onde nasceu!

Depois disso, dá até para imaginar qual é a cidade mais citada pelo Dudu nas suas rotas, não é mesmo? :-)

Nome: Eduardo Parajara

Idade: 20

Cidade: Natural de Cachoeiro, residente em Vitória

Qual é a sua rota (destino) preferida no Espírito Santo? Porque?

Minha rota (que seria) ideal tem toda uma trajetória. Parte daqui de Vitória e vai primeiro a Cachoeiro, que é a cidade na qual estão as pessoas mais receptivas do Estado. De lá, junto com os amigos, partiria para o balneário de Iriri, que – à exceção do carnaval – é tranquilo e tem belas praias. Indo no sentido das montanhas, passaria um final de semana em casal em Pedra Azul, local mais charmoso do ES. Indo ao norte do Estado, terminaria minha rota em Itaúnas, aquela vila apaixonante que me serve de refúgio.

Qual é a sua praia preferida no Espírito Santo?

Praia de Santa Helena, em Iriri. É a menos procurada por ser de difícil acesso, porém, vale à pena por ser belíssima. É a mais afastada do “centro”, fica depois da praia dos namorados.

E qual é a sua rota (destino) preferida no inverno?

Pedra Azul, ideal para um final de semana a dois.

Qual é o seu recanto gastronômico predileto (uma região, um bar, um restaurante, etc)?

Aqui na grande Vitória, meu restaurante favorito para almoço é o “Galantina” (Praia do Canto e Itapuã). Para a noite, recomendo o “Divino Botequim”, em Jardim da Penha. Gosto bastante também dos restaurantes “Tutti Boni”, em Iriri, e a “Companhia das Massas”, em Cachoeiro.

Qual lugar do Espírito Santo é inesquecível para você?

Existem vários. Recentemente aluguei uma casa para passar o reveillon com os amigos num condomínio em Nova Guarapari, chamado “Lagoa da Praia”. Com certeza foi inesquecível.

Quais as rotas (destinos) que você recomenda para quem quer conhecer o Espírito Santo?

Além dos lugares que já falei, recomendo fazer um circuito cultural em Cachoeiro e conhecer um pouco mais da história e dos artistas da cidade. Usando uma gíria bem capixaba, para os “rocks” Vitória (por incrível que pareça) ainda é o melhor lugar.

Valeu, Dudu!

Participe você também da Campanha “As Rotas do Leitor” (clique aqui).

Comente via Facebook

comentários

Uma resposta para “As Rotas do Eduardo”

  1. Renata disse:

    Boas dicas, Dudu!
    As pessoas precisam conhecer o que Cachoeiro tem de bom! Afinal, não é só o roberto Carlos que nasceu lá… eu também! rs

  2. Christiani Voss disse:

    Vou procurar essa praia em Iriri (Sta Helena). Embora tenha passado os verões da minha infância e puberdade lá, não conheço.
    Gostei das dicas, com um porém: o Divino realmente é uma boa opção, mas quando o clima estiver mais ameno. Estive lá ontem e o calor estava insuportável.
    Quanto a Cachoeiro, o Dudú tem razão, a cidade tem história e muitos “filhos ilustres” além de Roberto Carlos (de quem sou fã incondicional)rsrsrs.

  3. Gabi Voss P. Valente disse:

    Ótimas dicas, Duduzinho!!!

    Só complementando… assim como o Divino, Cachoeiro tb deve ser visitado qdo o clima estiver mais ameno… rsrsrsrs

    Bjs.

  4. Renata disse:

    Gabi,

    A sua dica é valiosíssima!
    Nada de Cachoeiro no verão! rs

  5. Maria Eugenia Amorim Voss disse:

    Concordo que o cachoeirense é o mais receptivo do estado. A dica do Restaurante “Companhia das Massas”, em Cachoeiro, foi muito oportuna. Me interessei pela praia de Santa Helena em Iriri. Na primeira oportunidade, irei conhecer.
    Valeu, Dudú!
    bjs

Deixe uma resposta

Comente via Facebook

comentários

Powered by Facebook Comments

2012. Todos os direitos reservados ao blog Rotas Capixabas. Qualquer reprodução indevida de conteúdo é expressamente proibida. digital