placas instagram foursquare googleplus feed facebook twitter
21
mar.
2011

A picanha do Coronel

Era uma vez um lava-jato que funcionava numa esquina movimentada do bairro de Jardim Camburi. Dispostos a otimizar os lucros do negócio e aproveitar o potencial do ponto, os donos resolvem instalar ali uma churrascaria para funcionar à noite. O novo empreendimento vai dando tão certo que, em determinado momento, o lava-jato é substituído por uma área de estacionamento anexa ao restaurante. Mais à frente, o estacionamento cede espaço para a ampliação da churrascaria.

E foi assim que um simples lava-jato de carros se transformou num dos mais simbólicos restaurantes do bairro de Jardim Camburi: o Coronel Picanha.

O Coronel – como ele é carinhosamente chamado por seus freqüentadores – é especializado em churrasco. Mas nada de rodízio! O ineditismo do Coronel Picanha – que, talvez, tenha sido o responsável por todo o seu sucesso – foi servir carnes em quantidades certas e no espeto a preços bem camaradas. A fórmula deu tão certo que, hoje, em Jardim Camburi – e até mesmo em outros bairros de Vitória – você vai vê-la repetida em quase toda esquina!

Mas não é só pelo pioneirismo na fórmula do “churrasco no espeto” que eu considero o Coronel Picanha o mais simbólico dos restaurantes do bairro de Jardim Camburi. O motivo principal é outro. A bem da verdade, o Coronel é a verdadeira encarnação do perfil gastronômico de nosso bairro (sim, eu também moro aqui): funcional, emergente e sem nenhuma frescura. Tudo ali se casa perfeitamente com o jeito “Jardim Camburi” de ser: a simplicidade do ambiente, a eficiência do staff, o playground com recreador para crianças, a qualidade da comida e, sobretudo, a honestidade dos preços. Só quando você compreende isso é que passa a entender porque o Coronel vive lotado! E ele realmente vive lotado!!!!

Aliás, a lotação típica do Coronel Picanha é potencializada pelo fato de ele ser absolutamente democrático. Sua proposta e estrutura combinam com toda e qualquer “tribo”: colegas de trabalho fazendo um happy hour, amigos querendo assistir jogo de futebol, jovens reunidos para um bate-papo, famílias comemorando aniversários, casais buscando o custo X benefício de um bom churrasco e, claro, pais interessados em entreter seus filhos pequenos enquanto comem sossegados. No final das contas, toda essa gente está em busca das mesmas coisas: a conveniência do serviço e a qualidade da comida. E isso basta para reuni-los num mesmo espaço! Ponto final.

Para quem não mora em Jardim Camburi – principalmente se for turista – eu preciso fazer uma observação importante. O Coronel Picanha não tem pretensões turísticas além do cardápio. Se você não é um amante do bom churrasco, pode ficar assustado com a quantidade de gente, com o barulho inevitável das conversas, com o frenesi eficiente dos garçons e, principalmente, com a simplicidade das cadeiras de plástico com propaganda de cerveja nas quais você vai se sentar. Mas, se relevar isso, você vai se deliciar – pagando o justo – com o churrasco servido!

Tenha isso sempre em mente: o Coronel Picanha não é daqueles restaurantes que te atraem pela sofisticação do ambiente!

E para não falar que eu não falei das flores, taí: estive no Coronel Picanha com minha esposa no último domingo, dia 20. Pedimos: a) de entrada, meio espeto de lingüiça de pernil e um espeto de coração de galinha; b) 300 gramas de picanha (foto acima); c) arroz; d) batata frita; e e) meia porção de feijão tropeiro.

Com as bebidas, o almoço nos custou R$ 87,00.

Informações úteis:

Coronel Picanha: Rua Carlos Martins, 1290 • Jardim Camburi, Vitória • ES

Horário de Funcionamento: a) segunda a quarta, de 17h30 a 00h00; b) quinta e sexta, de 17h30 a 01h00; e c) sábado, domingo e feriados, de 11h00 às 00h00.

Telefone: 3337-4956

E-mail: contato@coronelpicanha.com.br

Nível de contaminação pelo PAC: Vacinado.

Como chegar: para quem vem da Praia do Canto, basta seguir por toda a extensão da Av. Dante Michelini (beira-mar) até o início do bairro de Jardim Camburi (após a mata do aeroporto). Vire à esquerda na esquina do Hotel Canto do Sol (segundo sinal). Siga reto por esta rua e se oriente pelas placas que indicam o caminho da “maternidade”. Elas vão te levar até o Coronel.

Comente via Facebook

comentários

2 respostas para “A picanha do Coronel”

  1. Dudu Parajara disse:

    Conheci o Coronel Picanha e realmente gostei bastante, principalmente pela simplicidade. Me lembrou alguns restaurantes de Cachoeiro! O preço é bacana e o churrasco excelente, mas eu avaliaria o nível de contaminação pelo PAC como febril.
    Um Abraço!

  2. Fran P. disse:

    Eu já gostei mais do Coronel. Acho que anda muito muvucado, sujo (nas mesas desocupadas e no chão) e os garçons andam meio perdidos.
    Há restaurantes no mesmo estilo e grau de informalidade que não estão pecando nesses aspectos.

Deixe uma resposta

Comente via Facebook

comentários

Powered by Facebook Comments

2012. Todos os direitos reservados ao blog Rotas Capixabas. Qualquer reprodução indevida de conteúdo é expressamente proibida. digital