placas instagram foursquare googleplus feed facebook twitter
28
dez
2011

Hotel Review: Kimal Hotel (Atacama)

Esse post pertence à série “Outras Rotas” do “Rotas”. Nela, os nossos blogueiros fazem relatos de suas viagens fora do Espírito Santo. Se quiser conhecer mais sobre esses relatos, basta clicar na aba “Outras Rotas” ali no topo do site para ter acesso a todos os posts separados por destino.

Apesar de pequena, San Pedro do Atacama é uma cidade recheada de opções de hospedagem. Tem opção pra tudo quanto é gosto e bolso: tem quartinho para alugar na casa de moradores, tem albergues, tem apart-hotel, tem hotel barato, hotel caro e até hotel de luxo, daqueles tipo “resort”. Talvez por isso você vê tudo quanto é tipo de turista circulando pelas ruas de San Pedro em busca de aventura no deserto: do mochileiro ao velhinho mais endinheirado!

Em algum ponto intermediário dessas categorias extremas de turistas nós nos encaixamos. E por isso nós também miramos num padrão intermediário de hotel. Nada de luxo, nem de desprendimento. Interessava-nos um mínimo de conforto para compensar as adversidades do deserto. E o hotel que a gente escolheu foi o Kimal.

De cara, nós simpatizamos com as fotos do hotel no site. Além disso, para o período da nossa viagem e pela quantidade de noites que precisávamos, eles concediam 20% de desconto no valor da diária. De U$185,00 ela baixou para U$148,00. Nada mal!

Reserve seu hotel em San Pedro do Atacama no Booking.com

Aí foi só ver a recomendação da dupla de Inquietos, Priscila e Vinicius, para a gente não ter dúvidas em reservá-lo.

O Kimal realmente oferece um ótimo custo X benefício para quem quer se hospedar com conforto no Atacama sem precisar pagar uma fortuna. Bem localizado (ele fica no começo da rua Caracoles), ele possui quartos amplos, piscina e um ótimo restaurante aberto ao público.

A decoração segue o padrão das construções atacamenhas, com paredes de adobe e detalhes em madeira.

O serviço é bastante atencioso e simpático. Nos passeios que saem antes do horário do café, como o dos gêiseres, eles te oferecem um kit lanche para que você não saia sem comer (o tour sai de madrugada). É só avisar com antecedência na recepção.

O restaurante do hotel, o Paacha, é uma mão na roda. Fizemos várias refeições por lá. Além do sistema menu, em que você paga um preço fixo pela entrada, prato principal e sobremesa, você pode compor o seu prato pedindo ingredientes separadamente. Esse file mignon, acompanhado de arroz e salada, que você vê aí na foto, por exemplo, estava bem gostoso!

Mas, para falar a verdade mesmo, o que mais nos atraía ao restaurante do hotel era a música ambiente. Eu até desconfio que isso seja uma tática dos proprietários, acostumados a receber hóspedes brasileiros. Mas, em diversas ocasiões que passávamos em frente a ele, escutávamos música brasileira tocando, e música de primeira qualidade.

A gente era praticamente fisgado pelo ouvido! 😉

Reserve seu hotel em San Pedro do Atacama no Booking.com

Leia todos os posts da série “Outras Rotas” clicando aqui.

_______________________________

Siga o “Rotas” no Twitter

Curta o “Rotas” no Facebook

Comente via Facebook

comentários

Deixe uma resposta

Comente via Facebook

comentários

Powered by Facebook Comments

2012. Todos os direitos reservados ao blog Rotas Capixabas. Qualquer reprodução indevida de conteúdo é expressamente proibida. digital