placas instagram foursquare googleplus feed facebook twitter
18
jul
2012

Florença, pela primeira vez

Esse post pertence à série “Outras Rotas” do “Rotas”. Nela, os nossos blogueiros fazem relatos de suas viagens fora do Espírito Santo. Se quiser conhecer mais sobre esses relatos, basta clicar na aba “Outras Rotas” ali no topo do site para ter acesso a todos os posts separados por destino.

Rodar o interior da Toscana em carro alugado é sempre uma tentação para quem vai a Florença. Principalmente para quem tem um especial fetiche pelos famosos campos de girassóis e cidades medievais daquela região, como é o caso da Renata. A Toscana exerce um fascínio tão grande sobre a Renata que, no início da viagem, ela só pensava em repetir os passos da Mari Campos em sua última passagem pela região no final do ano passado (veja aqui).

Os planos da Renata, porém, foram temporariamente adiados. No final das contas, como eu já contei detalhadamente aqui, a gente concluiu que rodar o interior da Toscana de carro alteraria completamente o perfil inicial da nossa viagem. Incluí-lo no nosso roteiro nos exigiria sacrificar o tempo livre e a permanência em outras cidades com deslocamentos em estradas, tornando a viagem mais cansativa e menos cômoda. E, mais no final ainda, a gente viu que rodar o interior da Toscana de carro sacrificando os nossos três dias inteiros em Florença teria sido muito injusto com a capital. Ao final desses três dias, a sensação era que havia muito mais Florença por ser desvendada. A sensação era que a Florença das ruelas, das praças, das pontes, dos museus, dos artistas de rua, da Sambanda, dos restaurantes e, claro, dos gelatos não tinha fim. E como foi difícil deixar isso tudo para trás…

Reserve seu hotel em Florença no Booking.com

Daí porque visitar Florença pela primeira vez não é tarefa fácil. Dependendo da quantidade de dias que você tem para explorá-la vai ser bem difícil conciliar o mundo de atrações a portas fechadas que a cidade tem com o tempo livre necessário para experimentar, sem pressa, a Florença das ruas. Principalmente se você for um amante de cidades históricas e de arte. Florença é uma cidade lindamente histórica e uma cidade que respira arte.

No nosso caso, três dias inteiros em Florença foram pouco. Bem pouco. Mas foi o suficiente para redobrar a vontade da Renata de fazer uma viagem inteirinha dedicada à Toscana. Quem viver, verá!

Leia todos os posts da série “Outras Rotas” clicando aqui.

Reserve seu hotel em Florença no Booking.com

_______________________________

Siga o “Rotas” no Twitter

Curta o “Rotas” no Facebook

Comente via Facebook

comentários

5 respostas para “Florença, pela primeira vez”

  1. Aguardemos 🙂

    E acho que vocês fizeram bem. Andar de carro pela Toscana é uma delícia, mas Florença é especial e merece mesmo um tempo para se perder nela.
    Abraços,

  2. Oi, Tiago. Tudo bem?
    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem. Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais 😉
    Natalie – Boia Paulista

  3. Paula Brum disse:

    Parabéns, adorei. Para vocês, de todas as atrações visitadas, se tivessem que escolher uma fechada e uma livre para um dia apenas, o que escolheriam?
    Abraços,
    Paula
    http://www.mochilinhagaucha.blogspot.com.br

Deixe uma resposta

Comente via Facebook

comentários

Powered by Facebook Comments

2012. Todos os direitos reservados ao blog Rotas Capixabas. Qualquer reprodução indevida de conteúdo é expressamente proibida. digital