placas instagram foursquare googleplus feed facebook twitter
27
maio
2014

O Museu de Biologia Professor Mello Leitão

Museu Mello Leitão

Não se preocupe. Eu ainda vou fazer um resumo das principais atrações turísticas de Santa Teresa aqui no Rotas pra facilitar a sua visita. Mas, antes disso, eu preciso fazer um post específico pra falar sobre a principal atração turística da cidade: o Museu de Biologia Professor Mello Leitão.

O Museu Mello Leitão está localizado bem no centro da cidade, na área da antiga Chácara Anita da família Ruschi. Ele foi criado em 1949 pelo próprio Augusto Ruschi para dar suporte ao seu trabalho de pesquisa. Dois anos antes de sua morte, em 1984, ele doou a área para o Governo Federal, que hoje o administra através do Instituto Brasileiro de Museus.

Museu Mello Leitão

Quem vê de fora nem imagina que por trás daquele muro se estende uma área verde de mais de 77.000 metros quadrados totalmente preservada.

Santa Teresa

Basta entrar para se sentir numa floresta viva. Os caminhos são emoldurados por árvores e flores de tudo quanto é tipo e cor.

Museu Mello Leitão

Tem até um córrego que corta a área do museu praticamente ao meio.

Museu Mello Leitão

É um cenário mais lindo que o outro.

Museu Mello Leitão

Santa Teresa

O principal objetivo do Mello Leitão é inventariar e proteger a biodiversidade da Mata Atlântica da região. Por isso lá dentro existem alguns espaços dedicados a determinadas espécies da flora e fauna nativas, o que o torna um pequeno zoológico.

Seguindo pelo caminho à direita da entrada principal, você encontra um viveiro enorme com dezenas de espécies de aves em processo de readaptação que entoam uma cantoria incessante.

Museu Mello Leitão

Museu Mello Leitão

Mais à frente, tem um espaço com cobras, sagüis e araras vermelhas.

Museu Mello Leitão

Museu Mello Leitão

E, por fim, uma área com tartarugas.

Museu Mello Leitão

Não preciso nem dizer que a Maria pirou com esses “bichinhos”, né? 😉

Museu Mello Leitão

Dá pra se ter uma pequena idéia da grande biodiversidade da região no Pavilhão de Ornitologia, onde estão expostos centenas de animais taxidermizados (“empalhados”).

Museu Mello Leitão

Mas saiba que o que há ali é só uma pequena amostra dos mais de 10.000 animais que integram a coleção do museu, iniciada na década de 30 pelo próprio Augusto Ruschi.

Museu Mello Leitão

No quesito “flora”, o Museu conta com um orquidário – que estava fechado durante a minha visita –, a casa das epífitas e o jardim rupestre. Construído em 1940, o estande das orquídeas foi a primeira obra de Ruschi dedicada ao Museu. O chão reproduz a flor de uma orquídea.

Museu Mello Leitão

Como o próprio nome já diz, a casa das epífitas apresenta plantas que utilizam outros vegetais como suporte, sem parasitá-los e sem entrar em contato com o solo. São orquídeas, bromélias, cáctus e samambaias que, infelizmente, a gente só conhece por fora.

Museu Mello Leitão

Por fim, o jardim rupestre foi criado para abrigar uma vegetação típica de ambientes rochosos, que atraem certos tipos de colibris.

Pausa agora pra falar deles: os colibris.

Augusto Ruschi

Eu já contei nesse post a relação de amor que Augusto Ruschi tinha por essas aves e como ele contribuiu para o seu estudo e preservação. Foi Ruschi que revelou ao mundo que a maior concentração de beija-flores do planeta está em Santa Teresa. E sem o seu trabalho e luta, toda essa diversidade talvez não existisse até hoje.

O museu é hoje o atual depositário dos estudos e coleções científicas de Ruschi sobre os colibris. Mais do que isso, o museu é hoje o lugar onde a gente vive o amor de Ruschi pelos colibris.

Eu falo isso por causa desse lugar:

Museu Mello Leitão

Esse lugar aí é conhecido comumente como “varanda dos colibris”. Não preciso nem explicar o porquê do nome.

Santa Teresa

A “varanda dos colibris” está situada na antiga residência da família Ruschi. Dentro dela funciona atualmente a administração e a biblioteca do Museu.

Museu Mello Leitão

Museu Mello Leitão

Mas é do lado de fora que ocorre um dos maiores espetáculos que eu já assisti.

Museu Mello Leitão

Santa Teresa

Se você ainda não se deu conta, eu explico. São dezenas de beija-flores voando esquizofrenicamente para bebericar a água com açúcar dos potinhos afixados no teto. Nem a presença dos visitantes os afasta. Depois de alguns segundos de acomodação, eles passam a dar rasantes nos nossos ouvidos para voar de um potinho ao outro.

Museu Mello Leitão

Museu Mello Leitão

Museu Mello Leitão

Não sei se a impressão é geral, mas para mim a cena foi mágica. Daquelas que causam torpor e nos faz querer bis.

Museu Mello Leitão

Museu Mello Leitão

Nós, pelo menos, quisemos e tivemos o nosso bis. Nós voltamos ao museu no dia seguinte só para contemplar a cena por mais alguns instantes. E nesse segundo momento de contemplação, eu imaginei Augusto Ruschi e agradeci. Agradeci por sua vida, por seu legado e, principalmente, por sua varanda.

Museu Mello Leitão

O que eu vi lá está congelado até hoje na minha memória.

Informações úteis:

Museu de Biologia Professor Mello Leitão

Endereço: Av. José Ruschi, Nº 4, Santa Teresa – ES, Cep: 29.650-000.

Telefones: (27) 3259-1182 / 3259-1696 / 3259-2100

Horário de funcionamento: terça a domingo, de 08:00 às 17:00.

Entrada gratuita

Leia todos os posts sobre Santa Teresa aqui.

_______________________________

Siga o “Rotas” no Twitter

Curta o “Rotas” no Facebook

Comente via Facebook

comentários

6 respostas para “O Museu de Biologia Professor Mello Leitão”

  1. vitor disse:

    Jà tinha ouvido falar, mas agora deu vontade de ir o mais rápido possível conhecer. Parabéns!!

  2. Diana disse:

    Nossa, Tiago, LINDO post! E LINDAS as fotos, em especial as com as suas duas modelos prediletas! A do colibri também está demais! Parabéns!

  3. Melissa disse:

    oi Tiago! Também fiz um post somente sobre o Museu! Adorei visitar lá! beijao 😉

Deixe uma resposta

Comente via Facebook

comentários

Powered by Facebook Comments

2012. Todos os direitos reservados ao blog Rotas Capixabas. Qualquer reprodução indevida de conteúdo é expressamente proibida. digital