placas instagram foursquare googleplus feed facebook twitter
10
dez
2014

Parc Zoologique de Paris: um programa animal

zoo parc de paris

Quem tem filhos pequenos sabe que animais – seja ele de que espécie for – são uma atração turística em qualquer lugar do mundo. Não há Torre Eiffel nenhuma que resista a um simples “au au” no trajeto do passeio. E a concorrência fica cada vez mais desleal dependendo de quão exótico o bicho é.

Por isso, a gente faz questão de incluir em nosso roteiro uma visita a espaços de contemplação da fauna, como museus, zoológicos e aquários. E em Paris isso não poderia ser diferente. A visita ao Zoológico de Paris se tornou uma das prioridades na nossa programação desde que eu soube de sua reabertura após 4 anos de reforma e ampliação.

zoo parc de paris

Era a chance de apresentarmos à Maria girafas, rinocerontes, zebras, leões e outros “bichinhos” mais de verdade! 😉

O Zoo de Paris apresenta espécies típicas de 5 ecossistemas, a saber: Patagônia; Savana Sahel-Sudão; Europa; Guiana; e Madagascar. Seguindo o roteiro sugerido no mapa do parque, a gente vê os bichos de cada um desses ambientes na ordem acima.

Mapa zoo

Da Patagônia vieram 7 espécies, com destaque para os leões marinhos e pingüins:

zoo parc de paris

A savana africana ocupa a maior área do parque, com 44 espécies. Ali o imaginário animal da Maria definitivamente ganhou vida com rinoceronte, leões, zebras, avestruzes, babuínos e, claro, girafas… muitas girafas.

zoo parc de paris

zoo parc de paris

Em seguida, na parte de trás do grande rochedo que é a marca registrada do zôo, a biodiversidade da Europa se faz representar em 28 espécies, das quais eu destaco os lobos, as águias e as cobras.

zoo parc de paris

Mais adiante tem início a exuberância das florestas equatorial (Guiana) e tropical (Madagascar). Os dois ecossistemas se unem numa grande estufa que reproduz o clima quente e úmido. Lá dentro a gente encontra peixe-boi, répteis e aves de todo o tipo.

zoo parc de paris

zoo parc de paris

Em termos de conveniência, o zoológico oferece 2 restaurantes (Le Siam e Zarafa), 4 pontos “gourmand” para lanches, 2 áreas para piquenique e 1 lojinha. Além disso, há banheiros espalhados por todo o parque. Eu só lamento que, num local de grande circulação de bebês/crianças, não haja banheiros reservados para os menores. Pelo menos, no dia em que fomos, nem trocador havia. #fail

zoo parc de paris

Chegar ao zoológico é super fácil. É só pegar a linha 8 do metrô de Paris em direção a Créteil / Pointre du Lac e descer na estação Porte Dorée. De lá até a entrada do parque são 10 minutos de caminhada.

No caminho da estação até o zôo fica o Aquário Tropical de Paris, que a Adélia, do Paris dês Petits, diz ser uma alternativa mais barata ao Aquário do Trocadero. Eu até pensei em ir lá se desse tempo. Mas o passeio ao zôo acabou nos tomando o dia inteiro.

zoo parc de paris

A entrada custa 22 euros por pessoa. Crianças até 3 anos não pagam. No site oficial do zoológico há opção de compra do bilhete pela Internet e sem necessidade de especificar o dia da visita (para saber mais clique aqui). Eu, porém, não testei essa ferramenta e comprei o ingresso na hora.

Informações úteis:

Horário de Funcionamento: todos os dias; de 20 de outubro a 27 de março, das 10h às 17h; de 28 de março a 19 de outubro, das 10h às 18h durante a semana e 09h às 19h30 nos finais de semana, feriados e férias escolares.

Endereço: 53 avenue de Saint-Maurice | 12ème arrondissement

Metrô Porte Dorée (linha 8)

Reserve seu hotel em Paris usando o Booking.com

_______________________________

Siga o “Rotas” no Twitter e Instagram

Curta o “Rotas” no Facebook

Comente via Facebook

comentários

Uma resposta para “Parc Zoologique de Paris: um programa animal”

  1. Isabela disse:

    Que bacanaaaa!
    Ótimo texto para quem vai fazer uma viagem em família e não sabe qual a programação ideal para entreter os filhos.

    Adorei

Deixe uma resposta

Comente via Facebook

comentários

Powered by Facebook Comments

2012. Todos os direitos reservados ao blog Rotas Capixabas. Qualquer reprodução indevida de conteúdo é expressamente proibida. digital