placas instagram foursquare googleplus feed facebook twitter
21
jan.
2015

5 sugestões de bate-volta redondinhos a partir de Vitória

Pedra Azul

Pedra Azul

Do mar à montanha em 40 minutos”. Um dos motes da propaganda oficial do Governo do Estado do Espírito Santo faz realmente todo o sentido. Em um estado de distâncias tão curtas e cheio de diversidades geográficas e culturais, é muito fácil rechear a sua viagem com passeios super diferentes um do outro. Você pode tomar um banho de mar pela manhã e experimentar o melhor da culinária italiana nas montanhas capixabas à tarde, curtindo um clima bem mais agradável. Ou então, conhecer o legado da nossa colonização à beira-mar e, ainda, fazer um passeio de escuna pelas águas de um rio e visitar uma reserva indígena em Aracruz.

Para facilitar a sua vida, nesse post eu vou dar 5 sugestões de bate-volta redondinhos a partir de Vitória. Todos estão a 1 hora (no máximo!!!) de viagem da capital. Tem praia, tem montanha, tem passeio cultural e gastronômico. Basta que você escolha aquele que mais se identifica com o seu perfil de viajante.

Confira dicas de hospedagem em Vitória aqui

23
ago.
2014

Moquequinha de Banana da Terra: uma coadjuvante ilustre

Foto: Doc-Expoe

Foto: Doc-Expoe

Não, eu não sou nenhum mestre cuca para vir aqui ensinar alguma receita pra vocês. E nem é esse o propósito do blog, como vocês bem sabem. Na verdade, eu abro essa honrosa exceção para a moquequinha de banana da terra por 2 motivos: primeiro, ela já virou marca registrada da gastronomia do nosso estado e costuma surpreender o paladar dos turistas que, na maioria das vezes, nunca comeram antes; e segundo porque volta e meia alguém vem aqui pedir a receita depois de ter experimentado o quitute na viagem ao ES.

Reza a lenda que a moquequinha de banana da terra foi uma invenção dos donos do Restaurante Gaeta, de Meaípe, que a conceberam para servir a um grupo de turistas vegetarianos. A iguaria agradou tanto que passou a integrar o cardápio e ser servida como acompanhamento da tradicional moqueca de peixe.

Hoje ela se encontra no cardápio da maioria dos restaurantes de comida capixaba. E não é raro ver a coadjuvante se tornar a protagonista da mesa. Você pode até não gostar de peixe ou da nossa moqueca. Mas duvido que não goste da nossa moquequinha de banana.

E cá pra nós. Isso a Bahia não tem! 😉

Para quem quer fazer a moquequinha de banana da terra em casa, segue a receita que eu peguei com a minha mãe:

Ingredientes:

3 tomates picados e sem semente

1 cebola média

1/2 molho de salsa

1/2 cebolinha

1/2 molho de coentro

2 a 3 bananas da terra picadas em rodelas

1 colher (sopa) coloral

Sal e alho a gosto

Azeite

2 copos (100 ml) de água

Preparo:

Esquenta a panela de barro, coloca o azeite e bota o sal, o alho e a cebola para dourar. Em seguida, coloca o coloral e joga o tomate e os temperos. Deixa ferver um pouco e, depois, coloca a água. Deixar cozinhando até os temperos dissolverem e o molho engrossar. Por último, joga a banana. Quando ferver, prova o sal e deixa cozinhando por, no máximo, 15 minutos. Está pronto.

19
ago.
2014

Restaurantes para crianças em Vitória

Maria em ação no Coronel Picanha

Maria em ação no Coronel Picanha

Todo mundo sabe que o meu cotidiano entrou numa fase #rotinhas desde que a Maria nasceu. Desde então, nossas viagens e passeios em família precisaram passar por uma pequena adaptação para agradar também o gosto da nossa pequena. Principalmente quando o objetivo é “comer fora de casa”. Não dá para pensar que, com um bebê ou uma criança a tiracolo, vai dar pra continuar indo aos mesmos restaurantes que você ia antes. Nessas horas, um mínimo de direcionamento para as crianças faz toda a diferença na escolha.

Daí que, para ajudar os pais na difícil tarefa de escolher um restaurante para almoçar/jantar com crianças em Vitória, eu resolvi pedir a ajuda dos universitários (leia-se: meus amigos nas redes sociais) para mapear os estabelecimentos que se propõem a atrair esse tipo de público. E qualquer esforço é benvindo: um playground, um pula-pula, uma área externa com brinquedos, desenhos e lápis para colorir nas mesas e, claro, um cardápio com opções de pratos infantis.

18
jul.
2014

Santa Teresa: onde comer?

A gastronomia de Santa Teresa foi mais uma grata surpresa pra mim. Confesso que não esperava encontrar tantas e tão boas opções de restaurantes e cafés numa cidadezinha tão fora do mainstream turístico do nosso Estado. Contrariando a minha impressão inicial, nós comemos muito bem por lá.

A seguir eu listo os estabelecimentos que eu visitei e que eu recomendo a visita.

Mapa Restaurantes Santa Teresa

26
out.
2013

Doca 183: o seu melhor lanche ou happy hour no Centro de Vitória

Doca 183

Já não é segredo pra ninguém o meu entusiasmo com o Centro de Vitória. Nesse post eu já deixei bem claro que o meu maior sonho é ver o cenário histórico-degradado do Centro de Vitória pulsando como uma bela e grande zona cultural e boêmia da nossa capital. O que eu não contava era que a gente fosse caminhar a passos largos para que esse sonho se tornasse realidade.

O último passo nessa direção foi dado pelo Doca 183. Trata-se de um bar, meio café, meio bistrô, que inaugurou há pouco mais de 1 mês na Rua Gama Rosa, a mesma do Casa de Bamba (sobre o qual eu ainda não tive a oportunidade de falar). Só a presença dessas 2 casas já seria suficiente para eu eleger a Gama Rosa uma espécie de miolo da tal zona boêmia que ainda há de surgir.

2012. Todos os direitos reservados ao blog Rotas Capixabas. Qualquer reprodução indevida de conteúdo é expressamente proibida. digital