placas instagram foursquare googleplus feed facebook twitter
18
jul
2014

Santa Teresa: onde comer?

A gastronomia de Santa Teresa foi mais uma grata surpresa pra mim. Confesso que não esperava encontrar tantas e tão boas opções de restaurantes e cafés numa cidadezinha tão fora do mainstream turístico do nosso Estado. Contrariando a minha impressão inicial, nós comemos muito bem por lá.

A seguir eu listo os estabelecimentos que eu visitei e que eu recomendo a visita.

Mapa Restaurantes Santa Teresa

Fabrício Bar e Restaurante (A)

Fabricio Bar e Restaurante

Quem me deu ótimas referências do Fabrício foi a Elaine Castro, do blog Viagem Massa. Ela falou maravilhas sobre ele nesse post. A gente seguiu a dica logo no primeiro dia da viagem, aproveitando a localização estratégica do restaurante (ele fica bem no meio da Rua do Lazer). E passamos a concordar em gênero, número e grau com os elogios da Elaine.

Até hoje a Renata lembra – com água na boca – desse Bife à Parmegiana (o mesmo que a Elaine pediu):

Fabricio Bar e Restaurante

O meu risoto também deixou saudade:

Fabricio Bar e Restaurante

O Fabrício está situado num imóvel antigo bem pertinho da Igreja Matriz. Suas mesas e ombreleones à beira da calçada são um convite a ver o tempo passar.

Fabricio Bar e Restaurante

Endereço: R. Coronel Bonfim (Rua do Lazer), 43, Centro, Santa Teresa – ES

Funcionamento: Quarta a Sexta, de 11:00 às 14:00 e 19:00 às 00:00; Sábado, de 12:00 às 16:30 e 19:00 às 01:00; Domingo, de 12:00 às 16:30

Telefone: (27) 3259-1821

Casa Amorim Bar e Restaurante (B)

Casa Amorim

Também na Rua do Lazer, bem ao lado da Igreja Matriz, está outro restaurante bem conhecido da cidade, o Casa Amorim. Mas, apesar do ambiente agradável, a gente não foi muito feliz na escolha dos pratos.

O carro-chefe do restaurante parece ser comida caseira e de boteco. Há muitas opções de petiscos para um happy hour e, em alguns dias, há música ao vivo. Mas a nossa visita aconteceu na noite do nosso penúltimo dia da viagem e, a essa altura, a vontade de experimentar a gastronomia italiana da cidade mais italiana do Estado falou mais alto.

Fomos de massa e nos decepcionamos. A minha lasanha e o spaggheti da Renata não agradaram.

Casa Amorim

No último dia da viagem (segunda-feira), o Casa Amorim era o único restaurante aberto na hora do almoço. Retornamos, mas preferimos não arriscar. Fomos de bife à cavalo:

Casa Amorim

O imóvel da Casa Amorim é do início do século XX e compõe o conjunto de casarios antigos da Rua do Lazer.

Endereço: Av. Coronel Bonfim (Rua do Lazer), 287, Santa Teresa – ES

Funcionamento: Terça a Domingo, a partir das 10h

Telefone: 027 99733-5939

Café Zanoni (C)

k

Situado numa esquina da famosa Rua do Lazer, o Café Zanoni ocupa um imóvel tombado, construído em 1876. O piso e o armário originais foram preservados. Na parede, fotos antigas contam a história da família que dá nome ao café.

Café Zanoni

A placa atrás do balcão mostra que, a depender da forma como se pede, o cafezinho pode ter 3 preços: “1 caffé”, R$4,00; “1 caffé per favore”, R$3,00; e “Buon Giorno, 1 caffé per favore”, R$2,75. A boa educação é valorizada.

Café Zanoni

Na vitrine destaque para os quindins e tortas.

Café Zanoni

Café Zanoni

À noite os lanches dividem espaço com chopps e petiscos.

Endereço: Rua Coronel Avancini (esquina com a Rua do Lazer), 75, Centro, Santa Teresa

Funcionamento: Segunda a domingo, de 12:00 às 00:00

Telefone: (27) 9 9857 3558

Trentino Café (D)

Trentino Café

Trentino Café

A localização não poderia ser mais apropriada. A cafeteria Trentino fica bem em frente à Praça Augusto Ruschi, um lugar que praticamente te convida a um café.

Trentino Café

E ali na Trentino o café é levado bem a sério. Eles controlam todo o ciclo de produção do pó que é servido no local: do cultivo na fazenda à torrefação e moagem. Isso garante uma bebida com sabor diferenciado.

Trentino Café

Para acompanhar o café, sanduíches, bolos e tortas salgadas ou doces.

Trentino Café

Endereço: Praça Augusto Ruschi, 34, Centro, Santa Teresa

Funcionamento: Terça a quinta, das 12:30 às 20:00; sexta e sábado, das 12:30 às 21:00; domingo, das 12:00 às 17:00

Telefone: (27) 3259-2331

Café Haus (E)

Café Haus

Na rua do Museu Mello Leitão fica o restaurante mais famoso da cidade, o Café Haus. Ali você vai conhecer o lado verdadeiramente gourmet de Santa Teresa.

Café Haus

O restaurante fica numa casinha decorada com bastante requinte.

Café Haus

A cozinha é comandada pela Chef Kamila Zamprogno, que oferece pratos da culinária italiana e alemã. O meu risoto de cogumelo Paris com filé mignon estava tão bonito quanto apetitoso:

Café Haus

O da Renata, de camarão, estava ainda melhor:

Café Haus

Aos fundos, uma adega fica à disposição dos clientes que preferem escolher o seu próprio vinho.

Café Haus

Tamanha personalidade tem seu preço, claro. Foi a refeição mais cara que fizemos na cidade.

Endereço: Av. José Ruschi, 287, Santa Teresa – ES

Funcionamento: Quinta e Domingo, de 11:00 às 16:00; Sexta, de 11:00 às 23:00; e Sábado, de 11:00 à 00:00

Telefone: (27) 3259-1329

Leia todos os posts sobre Santa Teresa aqui.

_______________________________

Siga o “Rotas” no Twitter

Curta o “Rotas” no Facebook

26
out
2013

Doca 183: o seu melhor lanche ou happy hour no Centro de Vitória

Doca 183

Já não é segredo pra ninguém o meu entusiasmo com o Centro de Vitória. Nesse post eu já deixei bem claro que o meu maior sonho é ver o cenário histórico-degradado do Centro de Vitória pulsando como uma bela e grande zona cultural e boêmia da nossa capital. O que eu não contava era que a gente fosse caminhar a passos largos para que esse sonho se tornasse realidade.

O último passo nessa direção foi dado pelo Doca 183. Trata-se de um bar, meio café, meio bistrô, que inaugurou há pouco mais de 1 mês na Rua Gama Rosa, a mesma do Casa de Bamba (sobre o qual eu ainda não tive a oportunidade de falar). Só a presença dessas 2 casas já seria suficiente para eu eleger a Gama Rosa uma espécie de miolo da tal zona boêmia que ainda há de surgir.

16
jun
2013

O atendimento nada perfeito do Japa San (COM ATUALIZAÇÃO)

Eu já falei nesse post sobre a tal síndrome do PAC que assola os restaurantes – e todo o ramo de prestação de serviços em geral – daqui de Vitória. Você entra na loja/restaurante/lanchonete e o atendente/garçom, que está no telefone, continua a conversa calmamente como se você fosse invisível. Você pede um prato e 1 hora depois, quando resolve reclamar da demora, ouve do garçom: “a casa tá cheia! não tá vendo?”. Você marca com um prestador de serviço uma, duas, três vezes, e ele não aparece e nem dá sinal. Essas e outras cositas mas fazem parte daquilo que eu convencionei chamar de PAC, ou “Padrão de Atendimento Capixaba”. Uma máxima vigente nos estabelecimentos comerciais da Grande Vitória que considera que o consumidor NUNCA tem razão.

Pois então.

Por causa dessa síndrome, eu adotei aqui no Rotas um padrão de avaliação de restaurantes para medir o nível de contaminação do lugar pelo PAC. Numa classificação que vai do “totalmente erradicado” ao “completamente infestado”, eu procuro indicar para o leitor como o PAC se manifestou durante a minha visita ao estabelecimento que eu comento no post (lembrando que eu NUNCA me identifico nas visitas que eu faço com o propósito de relatar para o Rotas). Daí que, em todos os posts de restaurantes daqui do Rotas, você vai ver no final, junto com as informações úteis, “o Nível de Contaminação pelo PAC”.

02
jun
2013

A riqueza de Venda Nova do Imigrante

Venda Nova do Imigrante é uma pequena joia das montanhas capixabas. Não que a cidade seja assim, esteticamente bonita. Não é. Na verdade, o centro urbano atual de Venda Nova é bagunçadinho, arquitetonicamente sem graça e com pouquíssimos resquícios da época do surgimento da cidade.

A riqueza de Venda Nova não está na sua “arquitetura europeia”, como poderia pensar quem apressadamente se depara com a propaganda oficial das nossas montanhas. A riqueza de Venda Nova está na beleza natural de seu entorno, na força de suas raízes europeias e, principalmente, na pujança do seu agroturismo.

19
jan
2013

O sorvete (e a baguete!!!!) da Cremino

Cremino Gelato e Caffè

A Cremino Gelato e Caffè é uma das mais recentes “unanimidades” da cena gastronômica capixaba. Desde que foi inaugurada, há quase 4 meses, a Cremino conquistou a glória de identificar como gelato o sorvete que ela faz. Veja bem, meus caros. Isso não é pouca coisa. Para um povo que carrega uma dose cavalar de italianidade na veia reconhecer o verdadeiro sabor de um gelato numa sorveteria da nossa capital é mais que um elogio. É um retorno às origens.

2012. Todos os direitos reservados ao blog Rotas Capixabas. Qualquer reprodução indevida de conteúdo é expressamente proibida. digital