placas instagram foursquare googleplus feed facebook twitter
16
jan
2014

O que fazer em Vitória? Um roteiro (mastigadinho) de 3 dias na Ilha do Mel

Foto: Robert Blackie (CC BY-NC-ND 2.0)

Essa é uma das perguntas que eu mais recebo via e-mail aqui no Rotas: “tô indo pra Vitória no próximo final de semana. Qual roteiro você me sugere?” Por mais que esse blog seja todinho dedicado a te sugerir roteiros pelo Espírito Santo afora, tem gente que sente falta de um post mastigadinho e mais direto ao ponto. :-D

Até então eu me socorria nesse post que o Fred Marvila escreveu lá no Sundaycooks. Nele o Fred destacou lugares que agradam em cheio o marinheiro de primeira viagem que vem passar um final de semana na ilha.

03
out
2013

O socol do Sítio Lorenção

Sitio Lorenção

Sitio Lorenção

O Sítio Lorenção, de Venda Nova do Imigrante, é mais um caso de sucesso do agroturismo da cidade. Mas, ao contrário dos Carnielli, os Lorenção devem sua fama, basicamente, a um único produto: o socol.

Se você não é do Espírito Santo, talvez você nunca tenha ouvido falar do socol. Eu mesmo o desconhecia até bem pouco tempo atrás, quando eu ainda não tinha me aprofundado nas raízes e tradições das montanhas capixabas.

18
set
2013

Fazenda Carnielli: o agronegócio do agroturismo de Venda Nova

Fazenda Carnielli

Quem mora no Espírito Santo certamente conhece os produtos da Fazenda Carnielli. Pelo menos aqui na Grande Vitória, eles são facilmente encontrados nas gôndolas dos principais supermercados. E são tantos e tão variados que, quem não se dá conta da procedência, até pode pensar que se trata de mais uma multinacional da indústria de alimentos. :-D

Mas não. A Fazenda Carnielli, de Venda Nova do Imigrante, não é (ainda) nenhuma multinacional da indústria de alimentos. Ela é “só” mais uma propriedade rural da região que fez do seu agroturismo quase um agronegócio. O que começou com o trabalho solitário de um imigrante italiano e sua família na propriedade rural que eles adquiriram no finalzinho do século XIX, hoje se tornou um dos maiores cases de sucesso do agroturismo capixaba com inúmeros canais de distribuição da produção e pontos de venda no Estado.

15
set
2013

O agroturismo de Venda Nova do Imigrante

(Não, gente! Esse blog não morreu, não. Ele anda beeeeem paradão, eu sei, mas é por pura falta de tempo do blogueiro. Digamos que o Rotas está numa fase mais slow motion na frequência de post desde que a sua irmã mais nova veio ao mundo. :-D Mas com o fim do meu mais recente compromisso acadêmico, as coisas tendem a melhorar. É esperar pra ver!)

Venda Nova do Imigrante

Como eu falei nesse post, o agroturismo é a maior riqueza de Venda Nova do Imigrante. Em algum lugar do passado, alguém teve a ideia de unir o útil ao agradável e fazer do seu próprio ganha-pão uma atração turística rentável. Veja bem. É claro que a coisa não foi assim tão simplória e fácil, como eu faço parecer. Muita gente teve que suar a camisa e se empenhar horrores para chegar ao atual nível de profissionalização e sustentabilidade da atividade. Mas, pra resumir essa história toda, digamos que, de uma hora pra outra, o dia-a-dia nas fazendas de Venda Nova passou a despertar o interesse de quem visitava a região.

02
jun
2013

A riqueza de Venda Nova do Imigrante

Venda Nova do Imigrante é uma pequena joia das montanhas capixabas. Não que a cidade seja assim, esteticamente bonita. Não é. Na verdade, o centro urbano atual de Venda Nova é bagunçadinho, arquitetonicamente sem graça e com pouquíssimos resquícios da época do surgimento da cidade.

A riqueza de Venda Nova não está na sua “arquitetura europeia”, como poderia pensar quem apressadamente se depara com a propaganda oficial das nossas montanhas. A riqueza de Venda Nova está na beleza natural de seu entorno, na força de suas raízes europeias e, principalmente, na pujança do seu agroturismo.

2012. Todos os direitos reservados ao blog Rotas Capixabas. Qualquer reprodução indevida de conteúdo é expressamente proibida. digital