placas instagram foursquare googleplus feed facebook twitter
17
jul
2015

Pousada Quarto Crescente: hospedagem budget em Trancoso

Esse post pertence à série “Outras Rotas” do “Rotas”. Nela, eu faço relatos das minhas viagens fora do Espírito Santo. Se quiser conhecer mais sobre esses relatos, basta clicar na aba “Outras Rotas” ali no topo do site para ter acesso a todos os posts separados por destino.

Você pode nem se lembrar mais… mas há cerca de um ano atrás eu prometi revelar aqui no Rotas os meus segredos para aproveitar Trancoso sem ir à falência. Eu queria resgatar essa promessa falando sobre aquela que eu considero o maior trunfo nessa nossa Trancoso budget: a Pousada Quarto Crescente.

Pousada Quarto Crescente

Primeiramente, “a César o que é de César”. A dica da Quarto Crescente não é minha. Na verdade, ela nos foi passada pela Ana Paula, cunhada de uma amiga da Renata (a quem eu agradeço enormemente), depois de saber que a nossa primeira visita ao vilarejo não tinha sido lá dos melhores no quesito hospedagem. Na época, nós estávamos hospedados a 50 metros da Quarto Crescente, numa pousadinha… digamos assim… beeeem mais ou menos. Coisa de principiante, eu diria. Porque foi só a Ana Paula comentar sobre a Quarto Crescente – que ficava numa esquina da mesma rua – para a gente ver que poderia usufruir de um pouco mais de conforto pagando praticamente o mesmo.

Foi assim que começou a nossa história de afeição pela Quarto Crescente. Desde então, todas as nossas visitas a Trancoso passaram por lá. É fundamentalmente por causa dela que o carnaval em Trancoso fica tão viável.

Já que o propósito aqui é ressaltar o lado budget de Trancoso e, mais especificamente, da Quarto Crescente, eu vou direto ao que interessa: o custo. No carnaval de 2014 (última vez que estivemos por lá), o valor do pacote para 5 noites no apartamento standard ficou em R$1.620,00 para 2 pessoas, o que dava R$324,00 por noite.

Pousada Quarto Crescente

Eu sei que a noção de caro/barato é algo bem subjetivo e depende muito das circunstâncias e das possibilidades de cada um. Mas o que eu também sei é que, em termos comparativos, pagar R$324,00 por noite para se hospedar em Trancoso em pleno carnaval é um preço justo. Justo porque carnaval é altíssima temporada no Brasil e porque Trancoso é um destino tradicionalmente caro. Mas eu considero justo principalmente por ser a Quarto Crescente. Lá eu digo que esse investimento vale a pena porque, além de tudo, você pode usá-lo a seu favor.

Explico.

A Quarto Crescente é uma pousada bem familiar. Um holandês (Peter), sua mulher brasileira (Eunice), seus 2 filhos (Joana e Ian), e o Choco (cachorro do Ian) é que tomam conta de lá. Isso torna o ambiente bem descontraído e informal. Em pouco tempo você vai perceber que a intenção ali é deixar a gente bem à vontade.

Pousada Quarto Crescente

Daí que não há nenhuma restrição quanto ao consumo de bebidas e comidas própria. Na verdade, eles até facilitam as coisas, cedendo utensílios domésticos se necessário. Em um dos carnavais que fomos pra lá em família/amigos, passamos algumas tardes na piscina consumindo a nossa própria cerveja e fazendo a nossa própria caipirinha com utensílios, limão e açúcar emprestados pelo Jean!

Mas não é só isso. O melhor mesmo desse “investimento carnavalesco” é o chá da tarde que eles oferecem. Um chá da tarde que pode muito bem substituir aquele jantar caro que você faria no Quadrado! 😉

Pousada Quarto Crescente

Pão-duragem à parte, é sério. O chá da tarde que eles oferecem é um verdadeiro banquete estrelado pelos bolos caseiros da Joana. Lá pelas 17:00h ela vai trazendo e exibindo e chamando os hóspedes para arrematar os bolos que sobraram do café da manhã e aqueles que ela assa na hora. Pra mim esse ritual é o perfeito reflexo do grau de cortesia dos donos da casa. É impossível não se sentir lisonjeado com tamanha gentileza!

Pousada Quarto Crescente

Acompanhando os bolos da Joana, tem sempre uma opção de torta salgada para quem não é fã de doces. E essa dobradinha torta + bolo quase sempre é responsável por eu dispensar a refeição no caro Quadrado.

Tá vendo como dá pra fazer render o investimento? 😉

Pousada Quarto Crescente

Ala dos apartamentos standards

Fora da alta temporada, a diária mais baixa que aparece no site da pousada é de R$260,00 (para duas pessoas) em apartamento temático. O preço só não é mais em conta porque, nessa época, eles não oferecem os apartamentos standards, que são inferiores aos temáticos.

Afora questões puramente financeiras, a Quarto Crescente é uma belezura de lugar. O terreno da pousada é bem grande e com bastante área verde. As principais comodidades são piscina (adulto e infantil), estacionamento privativo e gratuito, espaço para massagens (mediante agendamento e não incluído na diária), sala de jogos, livros e DVDs à disposição para ler/ver no quarto naqueles dias chuvosos, comendo uma pipoca ou pizza que eles fazem lá mesmo.

Além disso, de 2014 pra cá a Pousada passou por uma reforma que resultou numa bela incrementada da área social. A piscina, por exemplo, foi ampliada, ganhou deck molhado e não é mais de vinil (como na foto que eu postei acima):

Foto: Divulgação (site)

Foto: Divulgação (site)

Além dos apartamentos standards e dos temáticos, a pousada tem ainda suítes mais espaçosas e chalés que ficam na parte de trás do terreno. No ano passado, nós nos hospedamos em um desses chalés, com cozinha e que comporta até 6 pessoas:

Pousada Quarto Crescente

Foto: Divulgação (site)

No quesito localização, a Quarto Crescente também não deixa a desejar. Ela não fica tecnicamente no Quadrado. Mas nada que uma caminhada de 10 minutos não resolva. Para ir à praia, no entanto, você precisará de carro, como todo mundo que opta por se hospedar no alto da falésia (e não à beira-mar).

Enfim, hospedar-se na Quarto Crescente é uma opção certeira para aproveitar o lado budget de Trancoso. 

* Em parceria com o Booking.com, todas as reservas feitas através dos links citados neste post geram comissão para o blog, sem que você pague nada a mais por isso. É uma forma de ajudar a manter o blog sem qualquer custo para você!

Leia todos os posts da série “Outras Rotas” clicando aqui.

_______________________________

Siga o “Rotas” no Twitter e Instagram

Curta o “Rotas” no Facebook

01
abr
2014

O Quadrado de Trancoso

Esse post pertence à série “Outras Rotas” do “Rotas”. Nela, eu faço relatos das minhas viagens fora do Espírito Santo. Se quiser conhecer mais sobre esses relatos, basta clicar na aba “Outras Rotas” ali no topo do site para ter acesso a todos os posts separados por destino.

Boa parte do seu encantamento com Trancoso vai depender da sua reação ao pisar nisso:

Quadrado, Trancoso

Isso aí é o que se conhece como Quadrado, a praça principal de Trancoso. Trata-se de um descampado localizado no alto de uma falésia, emoldurado pelo mar e encabeçado por uma igrejinha construída pelos jesuítas há 400 anos, em cujas laterais enfileiraram-se casinhas de pescadores atualmente pintadas com cores fortes.

26
mar
2014

Trancoso budget? Sim, é possível.

Esse post pertence à série “Outras Rotas” do “Rotas”. Nela, eu faço relatos das minhas viagens fora do Espírito Santo. Se quiser conhecer mais sobre esses relatos, basta clicar na aba “Outras Rotas” ali no topo do site para ter acesso a todos os posts separados por destino.

Trancoso

Se você tem mais de 30 anos e nunca foi a Trancoso, provavelmente já ouviu falar que Trancoso é uma vila de pescadores, frequentada por hippies e com uma praia de nudismo. Na sua cabeça, pois, Trancoso seria um lugar rústico, simples e barato, certo?

Errado.

23
mar
2014

Benvindo (de novo) a Trancoso!

Esse post pertence à série “Outras Rotas” do “Rotas”. Nela, eu faço relatos das minhas viagens fora do Espírito Santo. Se quiser conhecer mais sobre esses relatos, basta clicar na aba “Outras Rotas” ali no topo do site para ter acesso a todos os posts separados por destino.

Trancoso

Não é a primeira vez que Trancoso aparece aqui no Rotas. Em duas outras ocasiões (aqui e aqui), eu revelei de forma bem sucinta que Trancoso é o nosso destino de carnaval desde 2010 e que o Sul da Bahia é o único lugar que me faria um “capixaba pobre de espírito” (se capixaba eu fosse).

Pra quem não me acompanha desde o início, vale uma breve explicação. A nossa relação afetiva com esse pedaço abençoado do Sul da Bahia tem 2 motivos principais. O primeiro deles é que, em Trancoso, a gente encontrou a fórmula perfeita para o nosso carnaval dos sonhos: praias lindas + sossego + baixo custo (considerando o deslocamento de carro, claro). O segundo é ainda mais significativo. Trancoso me despertou para o mundo dos blogs de viagem. Mais do que isso, Trancoso me fez ingressar nesse mundo com o meu próprio blog: esse que você lê. De certa forma, o Rotas deve a sua existência a Trancoso. Foi durante o planejamento da nossa viagem para o carnaval de 2010 em Trancoso que eu conheci o Viaje na Viagem. E desde então eu me tornei um viciado na leitura de blogs de viagem até que, em abril de 2010, resolvi criar o Rotas.

2012. Todos os direitos reservados ao blog Rotas Capixabas. Qualquer reprodução indevida de conteúdo é expressamente proibida. digital