placas instagram foursquare googleplus feed facebook twitter

Sobre o blog

Para ajudar a difundir o potencial turístico do Espírito Santo pelo Brasil e facilitar o trabalho do turista que planeja vir para cá, a Secretaria de Turismo do Estado resolveu dividi-lo em diferentes rotas turísticas a partir de elementos comuns a cidades de uma mesma região. Foram criadas oito “rotas oficiais”: a) Rota do Caparaó; b) Rota dos Imigrantes; c) Rota do Sol e da Moqueca; d) Rota do Mar e das Montanhas; e) Rota do Verde e das Águas; f) Rota dos Vales e do Café; g) Rota da Costa e da Imigração; e h) Rota do Mármore e do Granito.

A divisão tem a clara vantagem de permitir que o turista antecipe o perfil de cada região e saiba, de antemão,  o que lhe aguarda no lugar a ser visitado. Aventura no Caparaó; comidas típicas nas cidades colonizadas por imigrantes; sol, praia, calor e, claro, moqueca nas cidades que fazem parte da principal rota capixaba, entre várias outras coisas. Tudo está ali – explicado e dividido – para o turista não ser pego de surpresa na rota que ele escolher.

Mas é claro que nem todas as belezas anunciadas das “rotas” são assim tão belas. Há coisas e lugares que podem muito bem ser deixados de lado se a sua proposta é fazer um turismo minimamente seletivo e proveitoso, sem aquela pretensão de exaurir todos os cantos do lugar. Você pode – e deve – eleger os atrativos que merecem ser visitados se não quiser se deparar com paisagens repetidas e sem graça.

E foi para te ajudar nessa tarefa que nós criamos esse blog. Nossa intenção aqui é falar sobre cada uma das rotas turísticas “oficiais” do Espírito Santo, mostrando o que elas tem de melhor – e de pior também. Queremos mostrar não só o que você não pode deixar de conhecer ao vir para cá como também aquilo que você pode evitar.  Ao longo dos posts, você verá dicas de lugares e passeios que, na nossa opinião, podem fazer valer a sua viagem ao Espírito Santo.

Mas não se engane! O “Rotas” não é um guia turístico! Na verdade, ele está longe de ser um guia turístico! Tudo o que você vai ler aqui são dicas e informações baseadas na experiência pessoal de nossos blogueiros. Nós não somos guias turísticos profissionais e não estamos interessados em fazer um guia turístico profissional, até porque temos outros trabalhos. No “Rotas”, a gente quer apenas compartilhar com vocês as nossas opiniões sobre os lugares que, nas horas vagas, a gente visita e conhece por aqui.

Em outras palavras, o “Rotas” é apenas e tão somente um blog de viagem, com o foco voltado para o Espírito Santo!

Então, o convite está feito! Leia o nosso blog e escolha a sua rota!

Participe você também do “Rotas”! Comente, elogie e critique. Se quiser mandar um e-mail, escreva-nos para rotascapixabas@gmail.com.

Sobre o autor

A família Rotas: eu, Maria e Renata.

A família Rotas: eu, Maria e Renata.

Tiago dos Reis é neto do vô Reis, marido da Renata e pai da Maria. Advogado público nas horas menos vagas, adora turistar quando sobra tempo. Seu sonho é rodar o mundo com a família, mas a realidade lhe concede apenas 30 dias de férias. A solução? Aproveitar finais de semana e feriados para viajar pelo seu próprio Estado.

Assim nasceu o Rotas.

42 respostas para “Sobre o blog”

  1. leonardo disse:

    Tiago, registre aí meu acesso ao blog. Essas moquecas são boas mesmo? Vamos ter que experimentar.

  2. laura disse:

    Amei o teu blog!!! Beijos na Renata e voce!

  3. Juliana disse:

    Tiago,
    o blog realmente está muito legal. Parabéns! Deu até vontade de levar Isabella para Pedra Azul…
    Juliana

  4. Juliana Dutra disse:

    Eu já tinha passado pelo blog assim que vc o iniciou. Mas hoje o fuçei bem e achei o máximo!
    Parabéns pela iniciativa e pela dedicação, o que faz com que o blog seja sempre interessante e atual.
    Amei tudo, mas principalmente a sua redação – não dá vontade de parar de ler!!!
    Parabéns, parabéns e parabéns! 😀

    • tiagodosreis disse:

      Poxa, Ju!
      Agora eu fiquei até vermelho com os seus elogios! rs Brigadão
      Que bom que gostou. Pra mim está sendo muito gratificante escrevê-lo!
      Vê se volta sempre, hein?
      Tô sabendo que você tá detonando nas corridas!

  5. Thiago Soares disse:

    Ei Tiago, site muito bem feito, com informações interessantes de nosso ES…lendo esses posts sinto-me mais orgulho ainda de ser capixaba! Parabéns cara. Continuarei acompanhando o BLOG. Valeu!

  6. Edney disse:

    Olá Tiago.
    Estou visitando seu blog por indicação de sua esposa a um curioso que ama o nosso Estado, e confesso que sinto-me um tanto quanto envergonhado por conhecê-lo tão pouco.
    Parabéns pela iniciativa e com certeza a partir dela vou obter informações bem interessante como a exemplo o Centro Cultural Forte de São Francisco Xavier, e assim poder falar ainda mais e melhor de nossa terra tão linda.
    Mais uma vez, Parabéns!!
    Já coloquei seu blog em pasta de favoritos… rs

  7. Alessandra Spinasé disse:

    Tiago, é muito legal ver pessoas como você que sabe dar valor ao que temos no nosso cantinho capixaba.
    Também não sou daqui não, como você, mas aprendi a amar esse Estado e para mim é um lugar lindo para se viver!!!
    Parabéns pelo trabalho!!

  8. maria da penha disse:

    Olá! Sou capixaba, criada em Belo Horizonte e há 20 anos morando em São Paulo. Encontrei o seu blog quando procurava informações de viagem para o Espírito Santo, adorei, incrível!!!

  9. debby disse:

    olá tiago que bom que te achei estou quase comprando minhas passagens de aviao para ir até essa regiao mas estou com muitas duvidas de onde fica vilavelha,guarapari,vitoria enfim nesta viagem vou eu meu marido e meu filho de 16 anos não gosto muito de praia gosto de curiosidades da regiao como artesanato,mercado municipal enfim com isso o que vc me sugere pra ficar?ressaltando que logicamente vou a praia. por acaso o centro tem algum desses atrativos grata e aguardo resposta

    • Debby, o centro tem os monumentos historicos que eu mostro aqui no blog. Mas as opcoes de hospedagem la sao bem ruinzinhas.
      Por aqui, as melhores opcoes de hospedagem estao mesmo a beira-mar. Tenho um post sobre “Onde se hospedar em Vitoria”. Da uma olhada la para vc se decidir.

  10. Olá Tiago,
    Vim fazer uma visita. Aos poucos vou conhecendo os Blogueiros de Viagem. Adorei o blog e adoro o Espírito Santo, embora tenha ido há muitos anos atrás. Parabéns pelo trabalho, muito legal.

  11. Anônimo disse:

    Parabéns, Tiago! Seu blog está cada dia melhor!
    Beijos

  12. Marina Fleury Siqueira disse:

    Parabéns, Tiago! Seu blog está cada dia melhor!
    Beijos

  13. Claudio Augusto Schwambach disse:

    Boa noite!
    Como faço para participar do blog??
    Tenho uma cafeteria em Domingos Martins….
    Abraços!!

  14. Penha Almeida disse:

    Adorei a sua matéria sobre o trem das monanhas capixabas. Mas dava pra você
    ter explorado mais o artesanato de viana. É uma associação com 13 artesões integrantes com trabalhos diferenciados. Mas valeu!!!

  15. Nelieny Secchin disse:

    Thiaguinho e Renata, que delícia tudo isso aqui! Ainda mais escrito por um mineiro!!!
    Mandei até uma mensagem a parte, parabenizando pelo blog!!!
    Vou te dizer que pode vir um “RotasMineiras” por aí… rsrsrs
    Beijos e sucesso ao casal!!!

  16. Silvya disse:

    Eu realmente não conheço meu Estado. Vou aprender um pouquinho aqui! Parabéns, adorei o site.

  17. Shirley Barra disse:

    parabéns! Você é muito bom ou melhor seu site/blog,enfim…
    excelente. Vou te acompanhar e utilizar sua dicas. Amanhã estou levando um grupo pelas montanhas capixabas e almoçar no Araguaya no Restaurante Bella Araguaya. Pena que a litorina nem bem começa o turismo pelas montanhas e já está com avaria no ar condicionado! Um absurdo!

  18. Erika Monteiro disse:

    Adoro o “Rotas” Tiago!
    Estamos torcendo aqui para a Maria começar a escolher os roteiros. Rs Sinto falta no nosso Estado de opções para nós que temos filhos “pequenos”. O João tem 5 anos, e acho os passeios em geral muito cansativos pra ele, e pouco atrativos. Mas mesmo assim aproveito muito suas dicas e sugestões!

    • ahaha que legal saber disso, Erika!
      Eu pretendo sim dar uma direcionada em programas para crianças devido a atual fase, claro. Porque a Maria já está integrada nos nossos passeios.
      Mas Santa Teresa, por exemplo, é super legal para você levá-lo. Vcs já foram lá?

  19. Thamires disse:

    Uhul! Blog nota dez!
    Como capixaba que sou, fiquei muito orgulhosa em saber que há um espaço dedicado a difundir melhor o nosso turismo!
    Cheguei aqui pela indicação do blog 360 Meridianos e adorei!

  20. Eric disse:

    Tiago, fiquei muito legal de ver seu blog! Lembro de você do Direito da UFES e do Ened em Curitiba! Grata surpresa pesquisar rotas para matar saudade do meu estado e ver que vc é o responsável pelo blog! Grande abraço!

  21. Simone f Melo disse:

    Estou avaliando me mudar para o ES e encontrei seu blog, através dele tenho conhecido municípios que até então não ouvirá falar, e me encantando pelo Estado.

  22. Juliana Teixeira disse:

    Parabéns, Thiago!
    Muito bom o seu blog, que nos ajuda a conhecer e valorizar mais essa nossa terra boa. Suas dicas tem influenciado os fins de semana da minha família! Continue! Somo gratos!

  23. Eloá disse:

    Moro em Vitória também e meu marido é capixaba. Adorei o post sobre Sevilha indicado pelo Ricardo Freire no Viajenaviagem. Muito útil, pois viajaremos com nossa filha de 4 anos pra Espanha em janeiro e vamos ficar exatamente 3 dias em Sevilha! Parabéns!

  24. Vinicius Moreira Melo da silva disse:

    O trabalho de divulgação dos blogueiros sobre locais de turismo ainda não identificados é extremamente solidário em relação aos demais. Mas nem todos são merecedores de ficar sabendo onde fica um bom local. A tal praia secreta em Vila Velha passou a ser refúgio de viciados e com lixo e etc. Devemos fazer um blogue fechado para pessoas que curtam a natureza e saibam que ela é viva.

  25. Os lugares novos e invocados só devem ser mostrados a quem não destrói a natureza

Deixe uma resposta

2012. Todos os direitos reservados ao blog Rotas Capixabas. Qualquer reprodução indevida de conteúdo é expressamente proibida. digital